Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



números

por Sérgio de Almeida Correia, em 15.05.16

Fear-of-death.png

Nascemos e crescemos como números. Quando morremos voltamos a ser um número. Entre esses momentos há alturas em que os números fazem sentido. Lampejos de humanidade. A morte leva-nos tudo menos esses momentos em que os números ganharam sentido. Porque um número, muitas vezes, substitui outro, articula o anterior, completa-o, não raro protege-nos. Quando se tem dois pais e duas mães os números fazem sentido. Quando se deixa de ter, o caminho torna-se mais longo.

A morte é o último número. O único que nos subtrai acrescentando dor.    

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D



Posts mais comentados