Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



opções

por Sérgio de Almeida Correia, em 24.05.24

Start action

Sobre a questão que é discutida desde o final do dia de ontem, relativa ao anúncio por parte da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) da substituição da F3 pela nova Fórmula Regional no Grande Prémio de Macau, independentemente de se saber se é uma "despromoção" ou uma "desconsideração", há outras questões que ou as pessoas ignoram ou se estão a esquecer.

É óbvio que substituir uma corrida de Fórmula 1 por uma de Fórmula 2 pode ser aos olhos de quase todos uma despromoção, embora as de F2 sejam indiscutivelmente muito mais animadas e competitivas. Igual raciocínio e idêntica conclusão se podem tirar quando se troca a F3 pela Fórmula Regional.

O Renato Marques esclareceu algumas diferenças no Macau Daily Times. O André Couto, com a experiência e a autoridade que na matéria lhe é reconhecida, já disse o que sobre o assunto pensava. Alguns pilotos também. Mas, entretanto, também ouvi e li outros comentários que revelam algum desconhecimento sobre o que a FIA tem vindo a fazer de há uns anos para cá.

Quem tivesse acompanhado o que se tem passado já teria percebido que as decisões da FIA que introduzem mudanças estão a ser executadas quase de imediato e praticamente sem períodos de transição. Foi assim na F1 e no WEC. Neste campeonato, os LMP1 desapareceram, alguns dos GT3 que no ano passado correram no WEC e em Le Mans ficaram obsoletos de um dia para o outro, tendo sido criadas novas classes. 

Depois, em todas as decisões verifica-se que há uma vontade muito grande de reduzir custos, diminuindo o investimento nas viaturas utilizadas, tanto em chassis como em motores, equilibrando as equipas e impondo limites aos gastos.

Essa política leva a um aumento da participação, à expansão do desporto automóvel e a um alargamento da competição a um maior número de países, que deste modo é tornada mais acessível a um universo muito maior de equipas e pilotos.

Por outro lado, contribui para o aparecimento de jovens valores que noutras condições teriam as portas fechadas.

A tónica da segurança continua a ser fundamental. Em momentos anteriores a FIA mostrou que o espectáculo não pode ceder à segurança e à protecção dos pilotos e dos espectadores. O desporto automóvel não é uma espécie de roleta russa. Temos carros cada vez mais potentes e os pilotos chegam aos mais altos escalões cada vez mais jovens. Há que acautelar.

E, finalmente, convém não esquecer que a FIA tem mostrado estar atenta e preocupada com os custos ambientais, querendo um desporto automóvel ecologicamente mais verde e mais amigo do ambiente.

Se tivermos tudo isto em atenção, para além do que tem sido dito, perceberemos muito melhor a decisão da FIA. Repare-se que na reunião de 28 Fevereiro pp. do World Sport Motor Council surgiram menções à Taça do Mundo de GT e à Corrida da Guia, mas nada se disse sobre a F3 e a corrida de Macau. Ninguém estranhou?

De fora deixo as questões locais e que se prendem com a transparência, ou falta dela, no processo de negociação entre as autoridades de Macau e a FIA sobre a "coutada" do Grande Prémio. Alguém sabe o que foi negociado? E por quem? O que foi proposto? Quem analisou as propostas e os contratos? Quais as condições impostas? Que pareceres foram dados? Quem os aprovou? 

Enquanto não forem dadas as respostas a estas últimas perguntas não vale a pena atirar pedras à FIA e andar a conjecturar.

 

P.S. As declarações ulteriores de Charles Leong, que correu nos últimos dois anos em F3, ajudam a compreender parte do que aqui escrevi.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Maio 2024

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Posts mais comentados