Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



obstáculos

por Sérgio de Almeida Correia, em 07.05.24

Tabao2.jpg

De há uns anos a esta parte, em especial a partir do período da pandemia e do tempo da "tolerância zero" à Covid-19, houve muitas empresas e lojas que fecharam. E não reabriram. Talvez devido às horas de encarceramento e ao facto de muitos, embora pouco trabalhando e ganhando bem, não sentirem o peso da crise, entretanto, verificou-se um outro fenómeno: aumentaram as compras à distância com recurso à Internet.

Houve quem passasse horas percorrendo e fazendo encomendas nos sites de venda de produtos à distância. Páginas onde tudo se vende. De produtos de cosmética a pronto-a-vestir, de roupa de cama a mobiliário de todo o tipo e para todas as ocasiões. Também se vendem charutos, mas aqui o nosso Big Brother, ao contrário do que acontece no mundo livre, não nos permite, a nós que somos pessoas maiores e vacinadas, a sua aquisição sem que fiquemos com o cadastro manchado.  

Passada essa época mais crítica da pandemia, chegado o momento de se escancararem portas e janelas, as compras on-line continuaram.

No edifício onde resido colocaram uma mesa para que os destinatários recolhessem as encomendas. Ultimamente há carrinhas paradas à espera que alguém vá buscar a tralha.

Também começámos a assistir ao encerramento de estabelecimentos que passaram a dar lugar, nos mesmos locais, incluindo em zonas nobres de Macau e da Taipa, mesmo dentro de centros comerciais, ao surgimento de depósitos de encomendas, sem quaisquer condições, onde pacotes das mais variadas dimensões se amontoam. Há uns quantos, mais expostos às condições atmosféricas com que nos brindaram, que começam a apresentar um aspecto de monos esquecidos, cujo cartão se deteriora com o correr das horas e dos dias de espera em razão da humidade, do calor, da chuva e dos trambolhões que vão dando.

Locais há onde ao final do dia se formam longas filas para recolha das encomendas, tendo-me sido esclarecido há tempos haver gente que a pedido dos compradores e a troco de quantias ridículas se predispõe a proceder ao levantamento da mercadoria que chega a esses depósitos.

Este último facto, tal como a proliferação de jovens que distribuem caixas de comida à porta das casas, retrata bem a crise escondida, a miséria que por aí vai grassando, à boleia das estradas pejadas de veículos de dupla matrícula, e que até já justifica pedidos dos responsáveis políticos, os mesmos que autorizaram a sua livre circulação, para que os residentes consumam mais em Macau do que nas regiões vizinhas, no que me pareceu um apelo muito pouco patriótico por parte de quem deixou que a cidade e a qualidade de vida dos seus residentes batesse violentamente no fundo, esquecendo em tais apelos que deste lado, do outro, seja em Hengqin ou em Zhuhai, ou da ponte que atravessa o delta do Rio das Pérolas, em Hong Kong, é tudo a mesma pátria.

Mas aquilo que hoje mais me aborrece é ver os tais pacotes e encomendas, vindos de um qualquer Taobao, a escorrerem porta fora dos armazéns improvisados para os passeios, entre restaurantes e lojas de produtos de marca, junto a casinos e hotéis de luxo, ocupando o espaço dos peões, obrigando a perfeitas gincanas, sem que ninguém se importe e tudo isso seja visto como normal, aceitável, e não mereça mais do que o condescendente desleixo e um encolher de ombros dos talentos que gerem este antigo paraíso de tons mediterrânicos, ultimamente mais acinzentado, feio e poluído, que se transformou num Centro Mundial de Turismo e Lazer de características aviárias.

Tabao1.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Maio 2024

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Posts mais comentados