Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



cientistas

por Sérgio de Almeida Correia, em 18.05.21

Ontem ouvi, esta manhã li, que “[o] período de observação médica mantém-se inalterado. Para quem vier de Hong Kong são 14 dias. Quem vier de Taiwan são 21 dias e para alguns países em particular, como Índia, Nepal, Filipinas, Brasil ou Paquistão será prolongado para 28 dias, sendo que para além destes cinco países o período de observação mantém-se nos 21 dias. Se verificarmos um caso positivo de anticorpos, ou seja, sujeitos que tenham sido anteriormente infectados, como foi o caso do cidadão nepalês, iremos solicitar às pessoas que prolonguem o período de observação médica em 7 dias. No caso de quarentenas de 21 dias serão prolongadas até 28 dias e nos casos de quarentenas de 28 dias prolonga[das] até 35 dias”.

De acordo com a informação disponível, o período de incubação varia entre 1 e 14 dias, sendo a média entre 5 e 6 dias.

Informações acessíveis na Internet esclarecem que:

a) Para a OMS (The World Health Organization) o período de incubação do COVID-19 varia entre 2 e 10 dias (fonte: Novel Coronavirus (2019-nCoV) Situation Report-7 - World Health Organization (WHO), January 27, 2020);
b) Para a China’s National Health Commission (NHC) o período de incubação vaira entre 10 e 14 dias (fonte: China's National Health Commission news conference on coronavirus - Al Jazeera, January 26, 2020);
c) Para as autoridades de saúde dos Estados Unidos da América o período de incubação é estimado entre 2 e 14 dias (fonte: Symptoms of Novel Coronavirus (2019-nCoV) - CDC);
d) Para a DXY.cn, um grupo de médicos chineses e profissionais de saúde da primeira linha, fala-se em períodos de incubação de 3 a 7 dias, até 14 dias.

Em Macau, talvez porque houve um caso no exterior em que o período de incubação foi de 21 dias, resolveram alargar desmesuradamente, sem qualquer apoio científico sólido, e transformando uma excepção em regra, o período de quarentenas.

Se uma decisão dessas fosse tomada por um chefe de posto, no tempo colonial, em Morrumbala, ainda poderia compreendê-la? Mas em Macau, em 2021?

Pois, é assim que estamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Calendário

Maio 2021

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Posts mais comentados