Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visto de Macau

Linhas em jeito de diário. Inspiração. Homenagem a espíritos livres. Lugar de evocação. Registo do quotidiano, espaço de encontros. Refúgio de olhares. Espécie de tributo à escrita límpida, serena e franca de Marcello Duarte Mathias.



Quinta-feira, 06.03.14

transcendência

Entre o céu e a terra. Sem saber para onde derivar o olhar, enquanto aguardava, senti as costas confortavelmente coladas, como quem prepara uma descolagem. Nesta terra, onde a noite nunca chega a ser noite, o cinzento não ficou azul. Porque a cor perder-se-ia no brilho dos néons que reflectem no céu as gotas que o iluminam. Mussorgsky passou depressa, e enquanto Pétrouchka preparava o caminho para a explosão, senti um frémito percorrer-me os músculos. Daniel Harding e a London Symphony Orchestra proporcionaram o reencontro. Entre o céu e a terra, ali, sozinho no meio do mundo, sentindo-a a meu lado, por momentos vagueei pela transcendência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sérgio de Almeida Correia





Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Posts mais comentados