Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visto de Macau

Linhas em jeito de diário. Inspiração. Homenagem a espíritos livres. Lugar de evocação. Registo do quotidiano, espaço de encontros. Refúgio de olhares. Espécie de tributo à escrita límpida, serena e franca de Marcello Duarte Mathias.



Sexta-feira, 12.06.15

carácter

felipe_vi_getty.jpg

 (Getty Images)

Ele podia nada ter feito, ignorar o que se estava a passar por não ser, aparentemente, nada com ele. Podia ter enterrado a cabeça na areia e seguir em frente. Até podia ter feito como outros que, entre nós, elogiaram e elogiam os jagunços, os caciques, empreendedores e facilitadores de negócios dos respectivos partidos, a sua entourage, a canalha, protegendo-a até à medula. Ele, ao invés, procurou separar águas, proteger a instituição que representa, preservar a respeitabilidade da Monarquia perante os seus súbditos. Optou pelo caminho mais difícil, por aquele que lhe pode trazer mais incómodos, maior desconforto pessoal. Porém, fez aquilo que a sua consciência e as exigências do cargo lhe impunham. Não vacilou.

Já o elogiei antes, volto a fazê-lo hoje. Porque nenhuma República, nenhum homem sério, à direita, ao centro ou à esquerda, pode ficar indiferente ao seu gesto de retirar à irmã o título de Duquesa de Palma, que lhe fora atribuído pelo seu antecessor. Os exemplos têm de vir de cima. Ele leva-o à letra. Até por isso é de aplaudir a sua coragem e o carácter de que uma vez mais dá mostras na condução dos assuntos do Estado. Como republicano que sou volto a tirar-lhe o chapéu. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sérgio de Almeida Correia





Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930



Posts mais comentados