Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visto de Macau

Linhas em jeito de diário. Inspiração. Homenagem a espíritos livres. Lugar de evocação. Registo do quotidiano, espaço de encontros. Refúgio de olhares. Espécie de tributo à escrita límpida, serena e franca de Marcello Duarte Mathias.



Terça-feira, 22.10.13

inteligência

Um venceu as eleições com uma pedrada no charco. O outro perdeu-as com dignidade, cumprindo o seu papel para com o partido e os seus eleitores. O primeiro podia ter sido o candidato do segundo. E esteve por um triz até à última hora. Terminada a contenda, remetidos os figurantes e valdevinos à galeria de onde nunca deviam ter saído, surge o tempo de construir, de dar resposta ao mandato, de respeitar as escolhas sem deturpá-las. Fossem outros, os mesmos de sempre, e tudo teria voltado a ser como antes. Onde antes faltou inteligência impera hoje o bom senso. Alguma coisa teria de mudar um dia para que as moscas não continuassem a sentir-se em casa. Ganha o Porto, ganha a cidadania, também ganha o partido que revela sentido institucional e percebeu os riscos de continuar a percorrer a via da insensatez. Perceber o sentido das escolhas que se fazem é um passo no caminho da lucidez. O Manuel António Pina, se fosse vivo, teria escrito alguma coisa sobre isto. E apreciado o gesto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Sérgio de Almeida Correia





Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Posts mais comentados